POP UP SHOP ENTREVISTA: SUPERBACANA

entrevistasuper

Entrevista com Jamile, da Superbacana

  1. Conte-nos um pouco sobre sua marca. A Superbacana é uma loja de presentes originais e exclusivos para bebês e crianças. Roupas super divertidas, brinquedos super criativos e livros super interessantes são alguns dos presentes que você encontra na loja. Os produtos são pesquisados e testados, buscando sempre qualidade e originalidade e encantam crianças e pais. A loja localiza-se no Praia Bella Center, em frente à Perini da Pituba (av. Otavio Mangabeira, 599, Pituba).
  2. Como você ficou conhecendo o Pop Up Shop? Lara Kertsz conheceu a loja e ficou apaixonada. Logo entrou em contato dizendo que fazia questão de ter nossa marca no evento. Disse que a loja tinha tudo a ver com a proposta do Pop up Shop. Ficamos muito honradas pelo convite e topamos na hora.
  3. A edição de Natal será sua primeira edição? Ou você já participou de outras? Será nossa 2ª participação. Fizemos o Pop Up Shop Dia dos Namorados.
  4. Como tem sido sua experiência até então? Quando participamos do Pop Up, a loja tinha apenas 6 meses de inaugurada. Muita gente de Salvador ainda não conhecia. Foi impressionante o aumento do fluxo de clientes na loja após o Pop Up. Isso significa que o Pop Up para nós foi importante não apenas durante o evento, mas principalmente depois, por ter dado visibilidade à nossa marca de uma forma mais ampla. Ganhamos muitos novos clientes e ficamos super satisfeitas!
  5. Por qual motivo você optou por expôr em eventos tipo o Pop Up Shop? Participar do Pop Up é uma forma de dar visibilidade à marca, conquistar novos clientes, fazer contatos e vender mais!
  6. Na sua opinião, quais as diferenças entre o Pop Up Shop e os outros eventos de moda que acontecem em Salvador? Já fomos convidadas a participar de outros eventos e feiras, mas nada se compara ao Pop Up. A competência de Lara e toda a estrutura que ela proporciona é inigualável. Confiamos de olhos fechados no trabalho dela e no sucesso do evento.
  7. Qual é sua expectativa para a edição de Natal? Você estabelecerá uma meta de vendas para o evento? Na edição anterior que participamos, nós superamos a meta que tínhamos. E olha que o tema da edição foi Dia dos Namorados! Não tinha nenhum apelo para se presentear crianças. Como esta edição é de Natal e as pessoas adoram dar presentes para crianças, temos certeza que vamos vender 3x mais!
  8. O que o público que visitar seu stand poderá encontrar de novidade? Quem quiser dar um presente Superbacana neste Natal para bebês ou crianças, com certeza vai encontrar um leque de opções em nosso stand: brinquedos super criativos, livros super interessantes, fantasias super divertidas e outros presentes originais e exclusivos que vão encantar as crianças e os pais. Nós vamos levar a bicicleta Superbacana, que é uma exclusividade nossa em Salvador. Ela é de madeira, modelo alemão, e ensina crianças a se equilibrarem desde cedo. Vamos levar também fantasias exclusivas, brinquedos educativos e livros bem divertidos! O melhor é que temos presentes de todos os preços. Tem que passar lá para conferir.
  9. Você aconselharia a outros expositores a participarem das próximas edições do evento? Por quê? Com certeza!

Bichiclo Rosa

Anúncios

POP UP SHOP ENTREVISTA: ZIM COLOR

entrevista copyZIM

Entrevista com Lorena, da Zim Color

  1. Conte-nos um pouco sobre sua marca. Nossa marca, a Zim Color, produz o primeiro pó colorido orgânico em larga escala da América do Sul. Trata-se de um pigmento utilizado para entretenimento, celebrações e criações artísticas de várias naturezas. Um de seus maiores trunfos é o de trazer a alegria e a interação aos ambientes onde ele se insere!  O Zim é muito utilizado por jovens e faz um sucesso enorme com as crianças. Pra quem ainda não entendeu, uma dica é acessar nossa fanpage e descobrir através das imagens – que dizem muito mais que palavras!
  2. Como você ficou conhecendo o Pop Up Shop? Uma amiga é expositora desde o início e de lá pra cá eu vim acompanhando as redes sociais da Pop Up Shop, as atrações, lojinhas… Uma fofura.
  3. A edição de Natal será sua primeira edição? Ou você já participou de outras? Será nossa primeira edição.
  4. Como tem sido sua experiência até então? A experiência tem sido de expectativa, preparação e reunião de muitas ideias bacanas para agregar a esse evento que promete mexer com nosso fim de ano. =) A ideia é sair do Pop Up Shop cheia de satisfação e ideias para 2015!
  5. Por qual motivo você optou por expôr em eventos tipo o Pop Up Shop? Acredito que o contato direto com o público é algo muito importante para qualquer marca. O Pop Up Shop, por ter uma roupagem de feira, é um local onde nós podemos estar em contato com públicos que normalmente não encontrariam nossa marca. Por exemplo, no caso do Zim, grande parte dos adolescentes que procuram por nós na internet já conhecem, mas as famílias, mães, pais e crianças, além de formadores de opinião de diferentes áreas para além da área artística, talvez não pensariam no Zim como algo interessante antes de ter o primeiro contato direto com ele na vida “real”, em carne e osso.
  6. Na sua opinião, quais as diferenças entre o Pop Up Shop e os outros eventos de moda que acontecem em Salvador? Acho que as palavras de ordem são diversificar e agregar. A diferença do Pop Up Shop é que ele é uma experiência ampla, que envolve não só moda, mas encontros entre pessoas, música, comidinhas, e claro, novas experiências, como o Zim. Um espaço para apurar os sentidos.
  7. Qual é sua expectativa para a edição de Natal? Você estabelecerá uma meta de vendas para o evento? Sim, estabeleceremos! Estamos confiantes de que a edição será um sucesso.
  8. O que o público que visitar seu stand poderá encontrar de novidade? O pessoal vai encontrar kits de presente – de vários tamanhos – para brincar com as cores, brindes coloridos como fitinhas, fotografias e tudo o que possa agregar sobre criatividade. A ideia é fazer um stand que seja um convite à inspiração, transformando o momento do fim de ano em algo muito mais transformador!
  9. Você aconselharia a outros expositores a participarem das próximas edições do evento? Por quê? Como esse é meu primeiro Pop Up Shop, eu espero poder recomendar a participação de todos logo depois de meu primeiro contato. Esperamos que as crianças se divirtam muuuito e os pais também! Liberte o ser criativo que existe aí dentro.

ensaio_eba_foto_1

POP UP SHOP ENTREVISTA: MARQUESA CAMISARIA

entrevista copy2

Entrevista com Cristina, da Marquesa Camisaria

  1. Conte-nos um pouco sobre sua marca. A Marquesa Camisaria vem com um novo conceito de camisas, que servem em qualquer biotipo, visto que a mulher brasileira é cheia de curvas e cada uma possui sua singularidade. Além dos tamanhos padrão, criamos camisas personalizadas pra atender as especificidades de cada mulher.
  2. Como você ficou conhecendo o Pop Up Shop? No primeiro momento através da Rádio Metrópole, em seguida por uma amiga que endossou a importância e seriedade do projeto.
  3. A edição de Natal será sua primeira edição? Ou você já participou de outras? Como empresária este é o meu primeiro Pop Up. Como cliente, visitei o anterior e decidi participar do evento de natal. Conto com o sucesso absoluto do projeto e que esta seja a primeira de muitas outras que virão.
  4. Como tem sido sua experiência até então? A empresa é pequena, estando em definição do seu negócio: atelier ou indústria. O produto que elaboramos é qualificado, mas precisamos aumentar as vendas, através de exposição de marca. Atravessamos as etapas de criação de marca, busca de bons fornecedores, identificação de mão de obra confiável e capacitada para atender uma clientela elegante e de bom gosto.
  5. Por qual motivo você optou por expôr em eventos tipo o Pop Up Shop? Para quem não dispõe ainda de um ponto fixo de venda, eventos tipo o Pop Up mostram-se como boa alternativa para a exposição e venda dos produtos.
  6. Na sua opinião, quais as diferenças entre o Pop Up Shop e os outros eventos de moda que acontecem em Salvador? Penso que o PopUp tenha começado com a mesma proposta dos demais eventos desta natureza, talvez um pouco mais arrojado, por ter usado um espaço mais atraente como o El Caballito, entretanto, o grande “saque” foi unir as compras à diversão, renovando este tipo de evento transformando-o num acontecimento na cidade oferecendo uma grande oportunidade aos pequenos empresários na exposição/vendas de seus produtos.
  7. Qual é sua expectativa para a edição de Natal? Você estabelecerá uma meta de vendas para o evento? Nossa! Estou super ansiosa e com a maior expectativa para exposição e venda de meus de meus produtos. Vendas é todo dia começar do zero e superar o dia anterior, esta é a nossa meta.
  8. O que o público que visitar seu stand poderá encontrar de novidade? Minha proposta é oferecer ao público do Pop Up produtos de qualidade e que proporcionem conforto e elegância. Desenvolvemos uma linha de camisas com estampas exclusivas para o evento. E temos mais algumas surpresas por vir…
  9. Você aconselharia a outros expositores a participarem das próximas edições do evento? Por quê? Acredito demais no Pop Up, por isso mesmo já recomendei algumas pessoas a participarem das próximas edições, e, é claro, pessoas que atendam ao perfil do evento com produtos exclusivos e de qualidade.

DSC_0112

AS SOBREPOSIÇÕES DA MARCA EU AMO

expo_euamo

A marca de moda feminina Eu Amo, lança coleção inspirada na mulher moderna, feminina e cheia de atitude, visto em elegantes e versáteis looks. Sobreposições das mais variadas formas e estilo, como Kimonos, blazers, coletes e jaquetas, compõem o visual. Especialistas na terceira peça, as amigas Larissa Carvalho e Mariana Tavares, despertam ousadia nos looks mais básicos. “As sobreposições podem salvar um look antigo, que todo mundo já conhece e você não quer mais repetir. Vale abusar das sobreposições, mas é preciso saber escolher a peça chave para o seu estilo”. Afirmam. A Eu Amo, é a primeira marca só de sobreposições do mercado Baiano. Suas peças se diferenciam pelas aplicações em transparências, rendas, pelas mesclas de tecidos como o algodão acetinado e a seda, recortes variados e tecidos como o guipure, neoprene, malha, crepe e viscose . A linha agrega elementos das tendências atuais da moda em peças despojadas e casuais, com modelagens que atendem todos os shapes.

FullSizeRender

Serviço:

ENTREVISTA: MIOLITO CADERNOS

entrevista copy

Entrevista com Cajila Barbosa da Miolito

  1. Conte-nos um pouco sobre sua marca. A Miolito é uma marca de Sketchbooks e Cadernos artesanais e outras coisinhas feitas à mão, que nasceu no final de 2013, em Salvador. Nossos produtos são 100% feitos à mão, passando pelo refile manual do papel, costura e sempre prezando por um acabamento impecável, utilizando diferentes tipos de papeis, linhas, tecidos e couro.
  2. Como você ficou conhecendo o Pop Up Shop? Através de familiares que visitaram a segunda edição do Pop Up Shop e adoraram!
  3. A edição de Natal será sua primeira edição? Ou você já participou de outras? Será a nossa primeira edição.
  4. Como tem sido sua experiência até então? Tem sido ótima! Temos uma expectativa muito boa para o evento e a organização tem sido maravilhosa desde o início!
  5. Por qual motivo você optou por expôr em eventos tipo o Pop Up Shop? Pela grande possibilidade de divulgação da nossa marca e por ser um evento que, além de compras, possui muitas atrações para os clientes.
  6. Na sua opinião, quais as diferenças entre o Pop Up Shop e os outros eventos de moda que acontecem em Salvador? A ampla divulgação, que atrai um público de qualidade, a variedade das marcas que estarão presentes, criando um evento mais atrativo para os clientes e o cuidado da organização para que tudo ocorra da melhor forma possível.
  7. Qual é sua expectativa para a edição de Natal? Você estabelecerá uma meta de vendas para o evento? Não temos uma meta de vendas estabelecida. Porém, por ser uma época em que as vendas aumentam muito devido ao Natal, esperamos um bom volume de venda para o Pop Up Shop. Como todos os nossos produtos são feitos à mão, do início ao fim, demora um pouco para fazer uma quantidade grande de produtos, mas esperamos que o público goste de tudo o que preparamos.
  8. O que o público que visitar seu stand poderá encontrar de novidade? Estamos preparando muitos produtos novos, especialmente para o Pop Up Shop e perfeitos para presentear no Natal! Além dos tradicionais sketchbooks, que são cadernos sem pautas, estamos fazendo uma série de cadernos pautados, livros de receitas, álbuns de fotografia, agendas, colares de caderninho e muitas outras coisas super especiais. Quem ama papelaria fina e cadernos vai adorar visitar o nosso stand!
  9. Você aconselharia a outros expositores a participarem das próximas edições do evento? Por quê? Aconselharia, o evento tem tudo para ser maravlhoso e é uma oportunidade incrível para aqueles que puderem participar!

Cadernos especiais, feitos à mão (4)

POP UP SHOP ENTREVISTA: SPIADJA

entrevistaspiadja

Entrevista com João Adami, da Spiadja

  1. Conte-nos um pouco sobre sua marca. Uma loja que te faz sentir envolvido pela vida no mar. A Spiadja (nome abrasileirado para a palavra italiana spiaggia, que significa praia) criada  pelo designer gráfico João Adami e sua equipe de criação foi pensada nos mínimos detalhes. Cada coleção de moda masculina, feminina e objetos de decoração possuem um conceito, uma inspiração especifica tudo ligado ao universo náutico e a nossa cultura. (Paula Magalhães).  A marca passeia tanto pelo casual até à alfaiataria mais sofisticada mas sem perder a descontração e o bom gosto. Acessórios, objetos de decoração e perfumaria fazem parte do portfolio de produtos, juntos em um só espaço com Roupas, masculinas e femininas
  2. Como você ficou conhecendo o Pop Up Shop? Na primeira edição, no El Cabalitto, fomos como expectadores e nos surpreendemos com um evento diferente do que já tínhamos visitado.
  3. A edição de Natal será sua primeira edição? Ou você já participou de outras? Já participamos do Pop Up Shop Dia dos namorados esse ano.
  4. Como tem sido sua experiência até então? Ótima, nossa marca ficou mais conhecida, nossa vendas no evento superaram nossas expectativas muitas pessoas procuraram nossa loja na Barra em Salvador após o evento ou por indicação ou porque nos conheceram no evento.
  5. Por qual motivo você optou por expôr em eventos tipo o Pop Up Shop? O Pop Up é um evento diferenciado, possui um público similar ao da Spiadja, conhecemos muita gente interessante e adoramos a organização do evento.
  6. Na sua opinião, quais as diferenças entre o Pop Up Shop e os outros eventos de moda que acontecem em Salvador? O Pop Up, além do público seleto, tem um clima família, com expositores que atendem a compra e o entretenimento de todos. Lá dos pais às crianças, todo mundo se diverte.
  7. Qual é sua expectativa para a edição de Natal? Você estabelecerá uma meta de vendas para o evento? Expectativa é ótima, vamos lançar vários produtos novos lá no evento, nossos clientes estão todos aguardando para conhecer uma coleção nova que será apresentada lá no Pop Up Shop.
  8. O que o público que visitar seu stand poderá encontrar de novidade? Uma coleção  cheia de criatividade e com a cara de nossos clientes! Temos certeza que vai ser um sucesso ainda maior!
  9. Você aconselharia a outros expositores a participarem das próximas edições do evento? Por quê? Sim, tanto marcas que não tem uma loja física quanto marcas similares à nossa devem participar. A divulgação e vendas é incrível! Aguardamos vocês mais uma vez!

social-1

ENTREVISTA COM LARA KERTESZ

unnamedQuem está por trás de toda a criatividade e inovação do Pop Up Shop? Quem criou o evento? Para responder essas perguntas, entrevistamos nossa Lara Kertesz, a verdadeira responsável por fazer o Pop Up Shop acontecer.

Como surgiu a ideia do Pop Up Shop?
O Pop Up surgiu sem nenhuma intenção de ser, de um brechó, um encontro de amigos, marcas inusitadas e de alta qualidade, um cantinho para os meus filhos e a expectativa de receber meus amigos músicos. Foi de forma despretensiosa e sem qualquer ambição de crescer que surgiu o Pop Up Shop.

Como você vê a evolução do evento, até agora?
O evento evolui de forma altamente satisfatória. Às vezes me pego ouvindo depoimentos que me assustam, me encantam e me motivam a fazer cada vez melhor. A ideia é fazer ele cada vez melhor, mas acho que não dá mais para ser maior, ainda não sei!

Quais os critérios para expor no Pop Up Shop?
Antes de tudo, tem que ser do bem, pois a energia que conquistamos é algo que não se paga e que eu não posso perder. A marca tem que ser compatível com o evento em qualidade, tem que preservar sempre o cuidado com o mix, garantir que o inusitado e o atrativo sempre apareçam para surpreender o visitante a cada edição. Continuar a ler